Conversar
Fechar
Tire sua dúvida com a gente
*Mínimo de 10 caracteres
Dúvidas Gerais
Orbita One
Orbita Go
  • 1. Quem é a Orbita?
    Somos uma startup pioneira que utiliza a tecnologia para levar

    energia solar para todos.



    Nossa missão é redefinir a forma que as pessoas se relacionam com a energia, de uma forma simples, digital e solar.
  • 2. Dá pra confiar na Orbita?
    Claro! :) Somos membros da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), premiados no Desafio Solar Greenpeace e temos a chancela de grandes instituições, como o SEBRAE, Oi Futuro e Yunus Negócios Sociais.
  • 3. Quais são os benefícios de ser Orbita?
    Você passa a usar

    energia solar de forma descomplicada

    , ganha descontos na conta e fica imune às bandeiras tarifárias. Além disso, através do nosso aplicativo, pode ter um controle simples e transparente do seu consumo.
  • 4. A Orbita está sujeita a mudança de bandeira?
    Não. Como você produz a sua energia, não importa se a bandeira está verde, amarela ou vermelha, você sempre paga a menor tarifa.
  • 5. A Orbita constrói fazendas solares?
    Não! Temos espaço suficiente nos telhados brasileiros para gerar 120% de toda energia elétrica que precisamos, então pra quê ocupar dezenas de km2 de terra - que poderia ser usada para cultivar comida ou servir de moradia? Pra nós isso está longe de ser sustentável.

    Acreditamos que a energia solar veio para descentralizar, diminuir custos e empoderar as pessoas, então resolvemos pensar diferente e utilizar os espaços ociosos nas grandes cidades.
  • 6. Tenho um telhadão. Posso cedê-lo pra Orbita?
    Sim! Se seu telhado tiver mais do que 500m2 e receber solzão o ano inteiro, é um ótimo candidato a se tornar um Jardim Solar. Pode enviar um email para ola@orbita.cc e um especialista vai entrar em contato.
  • 1. A energia solar vale a pena?
    Sim! Adquirir um sistema solar fotovoltaico é um excelente investimento, com retorno expressivo no médio prazo, além de já ser mais barata do que a tarifa da distribuidora. Para empresas, além de todas as vantagens, pode-se também obter certificações ambientais, que contribuem para reforçar o posicionamento e compromisso da marca com uma sociedade melhor.
  • 2. Em quanto tempo recupero meu investimento?
    Em média, o sistema se paga em 5 a 7 anos, com redução na conta desde o 1º mês. Para o futuro, espera-se um tempo de retorno ainda menor devido aos frequentes aumentos na tarifa de energia.
  • 3. Posso financiar meu sistema?
    Sim. Existem diversas linhas exclusivas disponíveis no mercado. Para pessoa física: Banco do Brasil, Santander e Construcard Caixa. Para empresas: BNDES, BB Proger e AGE-RIO.
  • 4. Quero um sistema One, como proceder?
    O processo é bem simples! Primeiro, entre em contato com a gente pelo nosso site, e-mail ou telefone. Faremos um call para entender melhor as suas necessidades, com posterior visita para análises técnicas do local e elaboraremos um projeto customizado. Com o projeto aprovado pelo cliente, recolhemos os documentos necessários e damos entrada no processo de homologação do sistema. Com o aval da concessionária, é hora de botar a mão na massa. A instalação é sempre rápida, eficiente e organizada. Depois disso, basta aguardar a vistoria do técnico da distribuidora a troca do antigo relógio pelo medidor bidirecional.

    Pronto, você já estará gerando sua própria energia!
  • 5. Quanto custa um sistema one?
    O valor do investimento varia bastante com o consumo e a incidência solar no local, além de uma série de fatores analisados caso a caso, como inclinação, orientação, condições do telhado, sombreamento, entre outros. Pode-se dizer que o custo varia entre R$ 5-12 mil por kWp.
  • 6. Ouvi dizer que não precisa de baterias, é verdade?
    Exatamente. Os sistemas chamados“on-grid” são conectados à rede elétrica da concessionária local, que acaba por fazer o papel de um back up de baterias. É bem simples: A energia gerada pelo sistema é consumida no local durante o dia e o excesso, se houver, é enviado para a rede elétrica. À noite, ou em dias com pouco sol, a concessionária fornece a energia necessária para o estabelecimento. Ao fim do mês, ocorre um balanço automático de tudo que foi enviado e consumido da rede e você só paga a diferença.
  • 7. E se meu sistema solar One produzir mais energia do que preciso?
    Não se preocupe. Nesse caso, créditos de energia são gerados automaticamente e válidos por 5 anos, podendo ser usados para abater contas futuras.
  • 8. O que é autoconsumo remoto?
    Desde Março/2016, através da REN 687/2015, já é possível gerar a energia em um local e abater da conta de outros estabelecimentos. Para tal, basta que ambos estabelecimentos (gerador e recebedor de créditos) estejam cadastrados sob o mesmo CPF/CNPJ e dentro da rede de concessão da mesma distribuidora. Essa é uma grande vantagem para quem mora em apartamento, mas tem uma casa, sítio ou terreno em outro lugar e também para empresas com múltiplas lojas ou filiais.
  • 9. É possível instalar energia solar em um condomínio?
    Sim. Já é permitido o compartilhamento da energia gerada por condôminos em proporção à ser definida caso a caso. Pode-se também dimensionar o sistema fotovoltaico para suprir apenas o consumo do próprio condomínio.
  • 10. E se faltar luz?
    Em caso de falta de energia da rede, o sistema solar desliga automaticamente como medida de segurança obrigatória. Sistemas integrados com bancos de baterias continuam operando normalmente durante a autonomia das mesmas.
  • 11. Preciso fazer obras para instalar um sistema solar?
    Em geral, não. O sistema fotovoltaico aproveita a instalação elétrica já existente no local. Basta apenas que o mesmo esteja em boas condições.
  • 12. Quanto tempo uma instalação demora?
    A instalação em si é rápida, em média de 3 a 4 dias, mas varia com o tamanho do sistema e as condições de acesso ao telhado. O processo completo, desde o momento de assinatura do contrato até a entrega do sistema operando leva de 45 a 90 dias.
  • 13. Como é a manutenção desses sistemas?
    Na maioria dos casos, uma revisão anual do sistema solar já é suficiente para mante-lo sob medida. Nós queremos estabelecer uma relação de confiança com você, e por isso, oferecemos um plano de assinatura de manutenção preventiva e monitoramento remoto que não pesa no bolso, mas te livra de dores de cabeça.
  • 14. Como sei que meu sistema está produzindo energia?
    Os sistemas que instalamos podem ser monitorados a qualquer momento usando o celular, tablet ou computador. Caso você opte pelo nosso plano de assinatura, nós monitoraremos remotamente o desempenho do seu sistema e tomaremos as ações necessárias.
  • 15. O sistema de energia solar faz barulho?
    Não. O sistema fotovoltaico é extremamente silencioso e não gera poluição sonora.
  • 1. Quanto custa um sistema GO?
    Para usar o plano GO Hóspede, o custo é zero: é só contratar e usar. Já para quem quer mais economia, temos o plano GO Residente. Neste caso, você compra os painéis solares que vai usar, então tem um investimento inicial, você pode calcular o seu clicando aqui.
  • 2. Preciso instalar alguma coisa na minha casa?
    Nada, nadinha mesmo. Adaptamos espaços ociosos em áreas urbanas próximas a você e instalamos painéis solares de última geração que produzem a energia que você precisa. Assim, a energia chega até você sem precisar instalar ou modificar nada na sua casa.
  • 3. E se faltar luz?
    Como utilizamos a rede da distribuidora para entregar a energia pra você, caso haja falha no abastecimento, você também fica sem luz. A diferença é que você não precisa nem esquentar a cabeça com isso: você avisa e a Orbita trata direto com a distribuidora pra garantir que o sistema volte rapidinho. Aguardar na linha nunca mais!
  • 4. O que mudará na minha nova fatura?
    Você não recebe mais o boleto da sua conta de luz impresso. Com a Orbita, você passa a gerenciar consumo e pagar contas através do aplicativo. Ah, e qualquer problema que aconteça, é por lá que a gente se fala também. : )
  • 5. Mas a distribuidora não vai ficar chateada?
    Nada disso. Tudo que a Orbita faz é regulamentado pela ANEEL, através das normas de geração distribuída.

    Além disso, através da geração de energia distribuída e local, a distribuidora ganha confiabilidade e estabilidade na sua rede de energia. Todo mundo sai ganhando. : )
  • 6. Como é esse lance de preço fixo?
    É bem simples: Com base no seu histórico de consumo mês a mês, a gente entende quanto de energia você vai precisar e define um valor único, então você paga o mesmo valor todos os meses, seja verão ou inverno, pela quantidade de energia que a gente combinar junto no seu cadastro.

    Se você consumir menos do que contratou, acumula créditos que são usados para abater contas futuras por até 5 anos. Se você consumir mais, paga o excedente na tarifa daquele mês, pelo valor vigente da sua distribuidora de energia. Pode deixar, se seu consumo médio mudar muito, a gente volta a conversar pra combinar um novo valor mensal.
  • 7. Ao clicar em cadastrar, já serei Orbita?
    Não, mas já vai ter dado o primeiro passo para isso. Ao se cadastrar, você entra para a fila de interessados. Quando chegar sua vez, vamos entrar em contato e fazer seu cadastro completo (relaxa que a gente facilitou toda a burocracia). Aí sim você contrata e passa a ser Orbita.
  • 8. E se tiver aumento na tarifa da distribuidora de energia?
    No plano Go Hóspede: Vai pagar sempre 10% mais barato do que pagaria normalmente;

    No plano Go Residente: Pode ficar tranquilo: já que você é dono dos painéis, vai continuar pagando apenas o valor mínimo.
  • 9. O que é o valor mínimo pago como Go Residente?
    O valor mínimo engloba a tarifa mínima cobrada pela distribuidora de energia (conhecida como Custo de Disponibilidade) + a taxa de administração da Orbita - para seguirmos cuidando e regando seu jardim solar.
  • 10. De onde minha energia virá?
    Sua energia continuará vindo da sua distribuidora de energia. A diferença é que ela será compensada pela energia produzida pelos painéis em um Jardim Solar localizado dentro da sua cidade.
  • 11. A Orbita constrói fazendas solares?
    Não! Temos espaço suficiente nos telhados brasileiros para gerar 120% de toda energia elétrica que precisamos, então pra quê ocupar dezenas de km2 de terra - que poderia ser usada para cultivar comida ou servir de moradia? Pra nós isso está longe de ser sustentável. Acreditamos que a energia solar veio para descentralizar, diminuir custos e empoderar as pessoas, então resolvemos pensar diferente e utilizar os espaços ociosos nas grandes cidades.
  • 12. Eu não pago nada mesmo ou é pegadinha?
    Não é pegadinha: no plano Go Hóspede, você não precisa pagar absolutamente nada para ter energia solar, só a sua conta de energia, que ainda vem com desconto! No Plano Go Residente, você tem um investimento inicial, e depois paga apenas o valor mínimo na conta de energia.
  • 13. E se eu consumir a mais do que meus painéis geram?
    Sem problemas, você continua recebendo energia. Nesse caso, você vai pagar pelo excedente do que contratou, na tarifa de energia vigente na época.
  • 14. E se a Orbita quebrar?
    Bem difícil, mas se isso acontecer, fique tranquilo, você vai continuar recebendo energia elétrica normalmente, direto da sua distribuidora, como já era antes. Se seu plano é Go Residente e investiu para ter seus painéis, também não precisa se preocupar. Em um caso como esse, venderemos todos os painéis e devolveremos seu dinheiro. Você está garantido.
  • 15. Quais as diferenças entre Hóspede e Residente? OU Como saber se sou Hóspede ou Residente?
    Você quer economizar ao máximo ou não investir nada? Faz uma simulação aqui que a gente te ajuda!
  • 16. Tenho um telhadão. Posso cedê-lo pra Orbita?
    Sim! Se seu telhado tiver mais do que 500m2 e receber solzão o ano inteiro, é um ótimo candidato a se tornar um Jardim Solar. Pode enviar um email para ola@orbita.cc e um especialista vai entrar em contato.
  • 17. Tenho que cancelar minha assinatura na minha distribuidora de energia?
    Não. Você continuará conectado à sua atual distribuidora de energia, como já está acostumado. A Orbita apenas faz um contrato para usar a rede dela para enviar sua energia.
  • 18. A Orbita GO é pra quem?
    Pra todo mundo. Ela é ideal pra quem não tem espaço suficiente pra ter painéis solares, mas ainda quer usar energia limpa e pagar menos na conta de luz, é pra quem quer ter mais controle e transparência do seu consumo de energia e também é pra quem não está satisfeito com o serviço das distribuidoras de energia tradicionais. A gente pensou em todos.
  • 19. E se eu me mudar?
    Sem problemas. Caso Orbita já opere na cidade em que você se mudar, é só avisar a mudança de endereço e pronto, fica tudo igualzinho.
    Mas atenção: é importante que faça o aviso com antecedência mínima de 90 dias, para que possamos ter tempo de resolver a mudança com as distribuidoras de energia.

    Se por outro lado, a Orbita ainda não estiver operando na sua nova cidade, você deixará de ser Orbita por um tempo, até chegarmos na cidade.
  • 20. Fico sem luz à noite?
    Não. A energia que você recebe vem pela distribuidora, como sempre foi. Durante o dia, você está gerando os créditos que vai usar, mas sempre estará recebendo energia. Caso consuma mais do que produziu, você continua recebendo energia pela distribuidora.
  • 21. Como a energia solar chega até minha casa?
    A Orbita utiliza a rede de distribuição da concessionária de energia da sua cidade, portanto, não instalamos nenhum cabo ou estrutura extra, nem na rua, nem na sua casa. O que acontece é que quando a energia é gerada, mesmo que não chegue fisicamente até você, créditos são contabilizados em seu nome, garantindo os benefícios. É um sistema de compensação, no qual, você gera a sua energia limpa, e abate da energia tradicional que consome.
  • 22. Tem alguma fidelidade?
    Não, você pode sair sem pagar nenhuma multa, contanto que avise com antecedência mínima de 90 dias. Esse tempo é o que precisamos para ocupar seu lugar no Jardins Solare e mantê-lo produtivo. Então, se você encontrar um novo usuário para ocupar seu lugar, pode sair a hora que quiser!